BrasilDestaqueGeral

Bolsonaro demite funcionária que faria festa de R$ 290 mil

Durante uma transmissão ao vivo nas redes sociais nesta quinta-feira (28), o presidente Jair Bolsonaro explicou por que demitiu a presidente da Embratur Teté Bezerra, também esposa do deputado federal Carlos Bezerra (MDB).

Ela ofereceu um jantar que custaria R$ 290 mil aos cofres públicos e teria a apresentação do cantor Alceu Valença.

Não dá para se admitir passivamente um gasto desta ordem. Isso é um escracho, um deboche para com o brasileiro que está cansado de pagar impostos, cansado de quase ser extorquido – afirmou o mandatário.

Bolsonaro ainda esclareceu que a decisão de desligamento foi tomada assim que ele soube do evento.

Chegou ao meu conhecimento que a Embratur, sua presidente, está patrocinando um jantar. Eu acho que o Alceu Valença ia cantar no jantar. Preço do jantar: R$ 290 mil. Você ia pagar a conta. O que nós fizemos ontem mesmo, entramos em contato com o ministro do turismo, falei para ele simplesmente cancelar o jantar e, tendo em vista o tamanho do descalabro, que cancelasse também a função da responsável pela Embratur. Então ela foi exonerada e página virada – detalhou.

Antes da live do presidente, Teté havia declarado que saiu do órgão por escolha própria.

– É preciso que haja uma sinergia absoluta entre MTur (Ministério do Turismo) e Embratur, por isso encaminho pedido de demissão para que esteja à vontade para concluir a montagem de sua equipe de trabalho. Agradeço, desde já, a confiança depositada.

Da redação – Pleno.News
redacao@conceicaoverdade.com.br

Deixe seu comentário

ATENÇÃO: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Portal Conceição Verdade, não refletem a opinião deste Portal de Notícias.

Tags

Artigos relacionados

Fechar